Diário da Cirurgia Bariátrica: 2 Meses

large-1

Olha quem voltou! Eu sei que estou em falta com o Blog, mas prometo que isso tudo vai se resolver agora em Março, vai ficar tudo LINDO! Não me odeiem.

E hoje eu voltou falando sobre minha Cirurgia, sim, está completando exatamente dois meses que eu fiz a Bariátrica e eu resolvi contar como está sendo minha rotina nesse momento.

Eu já fui liberado pra comer de tudo, então não há mais restrições de alimentos, logicamente que eu devo manter uma dieta balanceada ou apenas ter feito a cirurgia não vai resolver muita coisa. Eu não consigo comer um prato todo de comida, e ainda não faço ideia de quanto é a quantidade ideal para que eu me sinta saciada então eu apenas coloco a comida no prato e faço minha refeição até eu sentir que não aguento mais comer, pode parecer errado, mas é a única maneira que eu sei que vou comer o tanto que meu corpo e organismo necessitam sem passar mal ou ficar sem nutrientes depois.

Até agora eu não tive nenhum tipo de problema com a minha alimentação, consigo comer de absolutamente de tudo, no primeiro mês eu admito que foi difícil ingerir alimentos com açúcar, a experiencia não foi uma das melhores da minha vida e desde então eu tenho tentado consumir o minimo possível de tudo que possa conter açúcar que não seja natural, como o açúcar das frutas. Tenho uma dificuldade enorme em comer ovo cozido, não desce de jeito nenhum, por mais que eu tente acabo me sentindo “entalada” literalmente e acabo passando muito mal.

Essa nova etapa é aquela da qual a gente quer experimentar de tudo para saber se o nosso organismo vai rejeitar alguma coisa durante o processo, então normalmente nos primeiros meses da cirurgia é quando tentamos comer algumas das coisas que comíamos antes de submetermos a Bariátrica e foi exatamente isso que eu fiz. Com muito receio e principalmente com medo de que o peso retorne ao do começo, eu tentei experimentar coisas que antes eram completamente comuns para mim, como pizza e hambúrguer e o veredito final? Eu passei mal. Talvez daqui há alguns meses eu não tenha mais esse problema, mas a sensação logo após comer um dos dois é muito desconfortável e eu me sinto muito mal, isso porque eu não conseguir comer nem metade de ambos, porém não quero me arriscar de novo, quem sabe uma lasca de uma fatia ou uma mordida do sanduíche? Mas inteiro, ou mais da metade? Nunca mais.

Esse segundo eu não perdi a quantidade de peso que achei que poderia perder, talvez pelos deslizes que eu acabei dando algumas vezes, mas sempre mantive minha dieta e exercícios físicos frequentemente que agora se tornaram necessários todos os dias da minha rotina. Quero me focar mais nesse terceiro mês e tentar ver mais resultados do que deslizes, sou humana, então erros são normais serem cometidos exatamente para que eu possa aprender com eles e tentar não repeti-los em um futuro próximo.

Por enquanto é só isso, vou tentar fazer alguns vídeos explicando melhor sobre minha rotina e sobre a cirurgia e prometo fazer isso o mais rápido que eu conseguir.

Então vamos aos dados:
Peso Inicial – 89Kg
Peso Atual – 75Kg
Peso Ideal – 52Kg
Faltam – 23Kg

O que eu achei: Santa Clarita Diet

drew-barrymore-timothy-olyphant-santa-clarita-diet

Santa Clarita Diet é a mais nova série da Netflix e como tantas outras ela estava sendo muito aguardada. A história é quase como um conto de zumbi com muita comédia e um pouco diferente ao que estamos acostumados, – Com a pele podre, pedaços faltando e todo o linguajar Grr, uuhg, aaah – aqui o zumbi tem uma pele linda, faz lindas caminhadas de manhã com as amigas, cuida da filha única, tem uma personalidade forte e ainda tem tempo de vender imóveis.

Sheila é interpretada pela lindíssima Drew Barrymore e um dia como outro qualquer ela tem uma pequena dorzinha de barriga e de repente ela se torna uma morta-viva. Com isso ela acaba sentindo aquela vontade que todos mortos-vivos tem, vontade por carne humana e acreditem ela tenta de tudo.

Santa Clarita Diet

Com o desejo e a fome falando mais alto,  Sheila e o marido Joel interpretado pelo ator Timothy Olyphant eles tem apenas uma saída, conseguir comida para Sheila e então a história tem seu desenrolar.

A comédia domina a série completamente, não há nada de assustar ou muito medonho é apenas uma história de comédia com um pouco de zumbi nela. No começo eu achei que realmente não ia gostar da história, por estar acostumada com toda a coisa de The walking dead, mas você acaba se encantando aos poucos pela história.

rs-santa-clarita-diet-02-0db921f3-9b0c-405c-8cd6-59cdb789d18f

Mesmo Drew sendo a atração principal da série, quem rouba a cena é Timothy como Joel, ele consegue transmitir tudo o que você pensa durante os 30 minutos de episódio. Por mais que ele ame a mulher e CARAMBA, como ele a ama, você ainda consegue ver o desespero e o nojo que ele sente ao vê-la devorar alguém. Sua maneira de controlar Sheila e os impulsos dela te faz perguntar se você teria coragem de fazer a mesma coisa por alguém que você ama.

A coisa toda na verdade é muita estranha, além de Joel aceita tudo “Numa boa”, a filha deles Abby interpretada pela Liv Hewson também consegue ser muito compreensiva com o fato de sua mãe ter morrido e retornado a vida. No final é tudo uma loucura, eles se metem em tanta confusão que você não sabe se eles vão conseguir sair sem ninguém perceber.

Pra quem gosta de uma comédia vai amar a série com certeza, os episódios são curtos e o cenário é todo muito agradável. Confesso que as vezes eu achei algumas cenas desnecessárias ou entediantes, mas acabei assistindo toda a série e gostando bastante e logicamente me perguntando onde tudo isso vai acabar.

download

Então corre pro Netflix que todos os episódios estão disponíveis e depois me conta o que você achou e vê se não perde o apetite.

 

Diário da Cirurgia Bariátrica: 3º Semana

b871eccc7359b3486775a89ece696075

Ta todo mundo aqui prontinho pra zuar, libera a energia que o planeta vai girar.

Quem não assistia xuxa?

Olá Chatos e Chatas do meu Brasil, olha quem voltou! Hoje eu vim trazer mais um Post sobre minha Cirurgia Bariátrica. Estou na terceira semana de Cirurgia, sim, quase completando um mês de cirurgia feita e eu vim contar pra vocês.

 

Após 3 semanas de cirurgia, eu finalmente cheguei a terceira fase da dieta que é a dieta pastosa, nessa etapa eu já posso me alimentar um pouco com comida sólida, mas um sólido em uma forma mais pastosa do que realmente sólida. Exemplos? Arroz papado – daqueles que você cozinha umas 5 vezes? – feijão batido, purê de legumes bem amassados com pouco sal e carne moída ou desfiada. Além de vitamina de frutas, sempre com leite desnatado ou frutas raspadas para os lanches.

Até agora não estou tendo nenhum tipo de problema com a alimentação, não sinto fome, pois o que eu como já me sustenta o bastante e me sinto cheia com facilidade, não tive problemas em comer absolutamente nada estou conseguindo me alimentar com basicamente tudo que minha dieta permite. Não tive nenhum problema com refluxo, vomitos ou dor no estômago – Graças a Deus – está tudo perfeito.

Fui liberada pelo meu cirurgião para está fazendo exercicios aeróbicos, como bicicleta, caminhada, natação e esteira. Musculação apenas 45 dias após a cirurgia. Hoje dia 23/01 fiz minha primeira caminhada e alguns minutos depois de voltar para casa me senti muito fraca e passei um pouco de mal, motivo? Não há nutrientes ainda o suficiente em meu sistema para que eu esteja com minha força de volta, por este motivo apenas exercicios aeróbicos para que eu me acostume com eles e com minha alimentação para criar minha força novamente.

E quanto ao peso? Em 18 dias se foram exatos 10kg!
Se eu estou feliz? Estou dando pulos de alegria!
Dia 02/01 – 89kg
Dia 19/01 – 79kg

E ainda tem muito pra perder! Comendo bem devagar, tudo com muita calma, mastigando várias e várias vezes, tudo de 3 em 3h e a minha vida vai continuar mudando.

15 Motivos para amar Grey’s Anatomy

Não que precise de motivos para amar essa série, mas se você nunca assistiu ou tem medo de assistir por ter temporadas demais, aqui estou para tentar te mostrar de uma maneira rápida e direta que você está perdendo a oportunidade de se Graduar em medicina e em sofrimento.

1 –  Mcdreamy, vulgo Derek Shepherd, você vai querer um também.

2 – Esse é o Alex Karev, você aprende a amar com o tempo.

3 – Mark Sloan, esse você vai querer pelo menos 3 em casa.

4 – Jackson Avery e seus olhos verdes.

Tá, vamos esquecer os médicos bonitos…. Mas já foram 4 motivos maravilhosos, certo?

5 – Nós temos Christina Yang que representa o mundo em apenas uma fala.

6 – Meredith Grey, nossa protagonista toda “Hello darkness my old friend”.

7 – Melhor amizade EVER.

8 – Você sofre mais que os personagens.

9 – Os médicos morrem mais que os pacientes, e você obviamente sofre por isso.

10 – Você aprende a amar os personagens e eles vão embora, e você sofre de novo.

11 – Você acha que aprendeu algo de medicina e acha que pode diagnosticar seus amigos.

12 – Você aprende que beber Tequila é o primeiro caminho pra se tornar médico.

13 – Você acaba aprendendo mais do que medicina.

14 – Você sofre.

15 – E você percebe que como você, eles também não fazem ideia do que estão fazendo.

 

 

Diário da Cirurgia Bariátrica: 1º Semana

1200

Eu voltei e junto comigo trouxe o primeiro Post real/oficial do Blog onde eu já vou gerar polêmica. Motivo? Me submeti a Cirurgia Bariátrica, também conhecida como Redução de estômago.

Bom, pra começar vamos aos dados.
Altura: 1,58cm
Peso antes da cirurgia: 89Kg

Eu me submeti a Cirurgia depois de passar anos e anos da minha vida tentando de todas as maneiras possíveis emagrecer, seja através de dietas de carboidrato, proteína, dieta da sopa, remédios, dietas dadas por nutricionistas e endocrinologistas, e nada absolutamente nada resultava em perda de peso. Me lembro de conseguir perder no máximo 6Kg, eliminando 2Kg por mês enquanto fazia dieta equilibrada e academia todos os dias da semana, a partir daí eu não conseguir perder mais nada e voltava a engordar tudo de novo.

Com o tempo eu comecei a sentir as consequências do sobrepeso: Dores no joelho, falta de ar excessiva – Só de subir um andar de escadas – Colesterol alto, Glicose acima da média e Esteatose hepática aguda (Gordura no fígado). Meu peso começou a me prejudicar e algo que eu deixei tanto tempo de lado finalmente veio a tona, eu estava ficando doente e aí foi minha gota d’ água. Nunca gostei de ser gordinha, nunca fui muito fã do meu corpo, mas eu também nunca me importei tanto com isso, fazia tudo que gostava, me vestia como gostava e os meus quilos a mais nunca me impediram disso, mas perceber como a minha saúda estava sendo afetada e como ela continuaria se afetando cada vez mais me fez acordar pra vida, a única coisa da qual eu conseguia pensar era em como eu estaria daqui a 20 anos, e a única resposta que eu eu queria ter era que eu estaria saudável.

Depois de muitos exames feitos, muitas visitas ao médico eu finalmente consegui marcar minha cirurgia, dia 02/01/2017, eu já queria começar o ano com o pé direito. No meio disso tudo eu disse a todos, tanto familiares quanto amigos que eu faria apenas uma cirurgia para retirada da Vesícula, eu queria que a minha decisão fosse feita apenas por mim, sem ninguém pra me impedir ou dizer que não achava uma boa ideia, era algo que eu queria fazer por mim e não queria que ninguém me tirasse esse sonho.

E agora, uma semana depois aqui estou! Hoje estou entrando na Dieta Líquida Completa, nessa fase eu já passo dos caldos, água e gelatina para algo um pouco mais “engrossado”. A primeira semana da cirurgia é a mais difícil de todas, sua única refeição? Líquido. Mas engano seu se pensa que esse líquido é uma suculenta vasilha com caldo, não, é um copo descartável de café de 50mL a cada 30 minutos. Nada mastigável meus caros amigos, nadicas de nada, porém não é algo que faça você morrer de fome porque na verdade você não sente fome. Okay, não vou mentir e nem ser hipócrita e dizer: “Não sinto vontade comer nada, não sinto falta de nada.” MENTIRA. Eu não sinto falta de comer porcaria não, mas gente, como eu sinto falta de comer um arroz com feijão, uma salada com carne, até mesmo de fruta eu sinto falta de comer, na verdade eu acho que é mais vontade de mastigar do que de comer.

Até agora eu não tive nenhum problema com refluxo, gases, dores e nem me engasguei e com a benção de Deus vou continuar sem passar por nenhum desses problemas. Semana que vem eu conto pra vocês como esta sendo a minha segunda fase da Dieta.

Qualquer dúvida, comentário é só mandar que eu respondo.